Home
Inicio
Projeto de pesquisa reaproveita radiografias antigas
O que você faz com uma radiografia velha? No Campus Florianópolis do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) um projeto de pesquisa intercursos ensina as pessoas a fazerem um correto descarte e ainda evitar que o material utilizado na radiografia polua o meio ambiente. Durante toda essa terça-feira (27), alunos e professores dos cursos técnico integrado em Química e Superior de Tecnologia em Radiologia estão no hall do campus para explicar sobre o trabalho e recolher radiografias antigas.

 

A exposição marca o encerramento do projeto que começou em agosto e termina no próximo mês. A professora Laurete Medeiros Borges, coordenadora do curso de Radiologia e idealizadora do projeto, explica que a intenção foi alertar para o perigo que os resíduos das radiografias geram quando o descarte não é adequado. "Queremos que os alunos já comecem a desenvolver nos cursos uma consciência ambiental", destaca.

 

O projeto envolve tanto a questão educativa – de orientar as pessoas a não jogarem radiografias em lixo comum – como também a recuperação da prata usada na radiografia e a reutilização de filmes radiográficos descartáveis. Quem passar pelo Campus Florianópolis hoje pode descobrir como é feito o processo para reaproveitar a radiografia, que envolve lavação, filtragem e queimação em um forno. Ao final, recupera-se a prata – que é utilizada nas aulas de química – e o acetato limpo, que será entregue para os alunos do curso superior de tecnologia em Design de Produto usarem no laboratório de materiais.

 

Leia mais...
 
Representantes de instituição canadense visitam o IFSC
Nesta terça-feira (27), dois representantes do Camosun College do Canadá estiveram no Campus Florianópolis do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) numa ação de aproximação entre as instituições. Desde o início desse ano, o IFSC possui um acordo de cooperação internacional com o instituto canadense, localizado na capital da província British Columbia, Victoria. Durante a visita, os representantes estrangeiros conversaram com professores do curso técnico de Meio Ambiente e conheceram alguns laboratórios.

Leia mais...
 
Inscrições para colegiado do Campus Florianópolis terminam nesta segunda
Até a próxima segunda-feira (26), servidores e alunos do Campus Florianópolis do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) podem se candidatar a uma vaga no Colegiado do campus. A eleição irá recompor o quadro de representantes titulares e suplentes dos professores, técnicos administrativos e estudantes para o período de dezembro de 2012 a novembro de 2014. A votação será em 6 de dezembro.

 

No Colegiado estão abertas três vagas para cada categoria – docentes, técnicos administrativos e estudantes – sendo duas vagas para titulares e duas para suplentes. Podem se candidatar servidores ativos e que não exerçam cargo de direção a partir da data posse até o final do mandato e alunos que estiverem regularmente matriculados no campus.

Para mais informações, clique aqui e acesse o edital completo.

 
IFSC lidera ranking das escolas públicas de SC
O Campus São José do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) é a melhor escola pública de Santa Catarina de acordo com o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. Os dados do Enem por escola foram divulgados nesta quinta-feira (22) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O Campus Florianópolis ficou na segunda colocação entre todas as instituições de ensino públicas do estado.

 

Para o diretor-geral do Campus São José, essa colocação é resultado de um trabalho integrado. "Procuramos trabalhar em forma cooperada entre os professores, técnico-administrativos, alunos e direção", destacou. A média geral do campus foi 595,2.

Com nota 592,5, o Campus Florianópolis conquistou o segundo lugar entre as escolas públicas do estado. O diretor-geral do Campus Florianópolis, Mauricio Gariba Júnior, também atribui o resultado ao trabalho dos servidores. "Tantos os docentes quantos os técnico-administrativos realizam um intenso trabalho coletivo para que o IFSC possa ser referência como instituição de ensino", conta.

A reitora do IFSC, Maria Clara Kaschny Schneider, destaca que esse bom desempenho do Instituto é um reflexo do investimento do Governo Federal nos últimos anos. "Tivemos uma melhoria de infraestrutura e na qualificação dos servidores, o que acaba resultando em uma oferta de educação de mais qualidade", afirma.

Os dados do Enem por escola mostram os resultados de 10.076 estabelecimentos em todo o país, correspondendo a 40,56% do universo brasileiro do ensino médio. Em Santa Catarina, 284 escolas foram avaliadas, sendo157 públicas – municipais, estaduais e federais.

O critério para a seleção das escolas foi o de participação no Enem – ao menos 50% dos alunos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio – e o número de estudantes concluintes do segundo grau (mínimo de 10 alunos). Os resultados foram calculados sobre as notas das provas objetivas do Enem, não sendo contadas as notas de redação.

 

 
Palestra aborda sistema de cotas na II Semana de Consciência Negra
A educação é um importante meio para tentar combater a desigualdade e a discriminação racial no Brasil, na opinião de Wilson Martins Lalau, que ministrou palestra sobre o novo sistema de cotas sociais e raciais na II Semana de Consciência Negra do Campus Florianópolis do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

 

Diretor do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Energia de Florianópolis e Região (Sinergia) e membro da Comissão Estadual contra a Discriminação Racial da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Wilson falou sobre a história dos negros e do racismo no Brasil para um público formado principalmente por alunos de cursos técnicos integrados do Campus Florianópolis.

 

No Brasil Colônia, a escravidão era herdada de pai para filho – os filhos dos escravos de origem africana também eram escravos – e isso ficou no imaginário da população brasileira, de acordo com Wilson. "Há uma condição de subalternidade instituída para os negros", diz. O diretor do Sinergia conta que mesmo após declarada extinta a escravidão no Brasil, não houve qualquer apoio do governo para inclusão social dos libertos.

 

Um dos exemplos, diz Wilson, é a própria Lei Áurea, que tinha apenas dois artigos – um declarando extinta a escravidão e outro revogando as disposições em contrário – sem conceder mais benefícios aos ex-escravos, ao contrário do que ocorreu em outros países.

 

As políticas de ações afirmativas são uma maneira de promover a igualdade racial, afirma Wilson Lalau. Ele lembra que as ações afirmativas não são apenas cotas e que não se pode "tratar segmentos diferentes de maneira igual". "São necessárias políticas para inserir pessoas em contextos nos quais não estão", comenta.

Para o diretor do Sinergia, não é verdade que as cotas podem fazer a qualidade do ensino cair e somente cotas sociais não resolveriam o problema da desigualdade racial. "Não se avalia capacidade intelectual de uma pessoa pelo cor da pele dela, e as políticas sociais do Brasil não incluíram o negro", critica. No entanto, ele lamenta o fato de as cotas raciais terem sido impostas por lei e não adotadas por meio de conscientização da sociedade.

 

A palestra de Wilson Lalau fez parte da programação da II Semana de Consciência Negra do Campus Florianópolis, realizada de 19 a 23 de novembro.

 
Alunos de graduação podem participar de intercâmbio no exterior
O programa Ciência sem Fronteiras do Governo Federal abriu novas chamadas para o intercâmbio de estudantes no exterior. Há vagas para Alemanha, Austrália, Canadá, Coréia do Sul, Estados Unidos, Espanha, França, Holanda, Hungria, Itália, Noruega, Portugal, Reino Unido e Suécia. Os alunos dos cursos de graduação do Instituto Federal de Santa Catarina podem se inscrever em qualquer uma das chamadas, desde que atendam aos requisitos exigidos.

 

O coordenador de Assuntos Internacionais do IFSC, Jair Líbero Cadorin, explica que os formulários de inscrição ainda não estão disponíveis, mas orienta aos alunos a lerem as chamadas no site do Ciência sem Fronteiras. "No caso dos estudantes do IFSC, salientamos a necessidade de efetuação das inscrições também no âmbito do Instituto", destaca. As inscrições no IFSC podem ser feitas pela página das Relações Internacionais (clique aqui).

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 321 322 323 324 325 Próximo > Fim >>

DESTAQUES

 

sorteioEstacionamento

 

auxilio alimentao moradia

 

edital monitoria

 

EditaisEstágio

 

FORMATURA

 

edital12

 

EditalIntercambio

 

xviicbl

 

finpe oficial

 

ouvidoria

 

icone docentes horarios atividades

 

Nós temos 86 visitantes online
Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.